VAI COMPRAR UM CARRO? CONHEÇA OS TRUQUES DOS VENDEDORES E NÃO CAIA NELES

Como sempre enfatizamos em nosso blog, a participação feminina no mundo automotivo tem aumentado ano após ano. Além de a parcela de mulheres comprando os próprios carros ter crescido (mais de 40% da compra de carros novos são delas), elas continuam sendo quem dá a palavra final na família ao decidir por um veículo.

Apesar disso, o atendimento dos vendedores nas concessionárias permanece parado no tempo. Quando precisam nos atender, julgam que o mais importante para nós é a cor e como são os bancos.

Não fazem muitas perguntas. Claro, há consumidores que prezam mais por esses itens, mas é espantoso que as pessoas não se esforcem para se adaptar a uma demanda que só cresce – e permanece.

Percebendo isso, muitas concessionárias admitem ser mais interessante contratarem uma vendedora com experiência em moda feminina, como shopping, por exemplo, do que um vendedor automotivo com todas as manias e preconceitos em relação às clientes. Afinal, compreender o básico das características de um carro não é bicho de sete cabeças, mas, aparentemente, para eles, nos atender bem é sim.

Mas, críticas à parte, há alguns pontos que os profissionais de vendas usam com todos e que podem fazer o valor final sair encarecido para você. Fique de olho:

  • O consultor de venda tentará fechar o negócio o quanto antes. Eles sabem que, se o cliente sair da loja, há uma grande possibilidade de não voltar. Se ele não conseguir fechar a venda logo, é rotina que ligue e ofereça algum adicional, como jogo de tapetes ou emplacamento.
  • Além de oferecer o modelo mais caro, já que a comissão é maior, o consultor vai mostrar e falar sobre o carro antes de revelar o valor. O objetivo é seduzir a pessoa, procurando fazer com que o preço não pareça importante. Uma das táticas, durante um test-drive, inclusive, é pedir para o consumidor imaginar que está saindo com a família de férias naquele carro. Eles vão tentar mexer com suas emoções!
  • Um alerta importantíssimo é que eles são treinados para levá-la a fazer um financiamento, pois significa maior retorno financeiro, quanto à comissão. Há de se ter muito cuidado, pois financiamento longos, de seis anos para cima, por exemplo, pode dobrar o valor do veículo.

Assim, a recomendação é: busque conhecer bem o veículo pretendido antes de ir a uma concessionária. Pesquise sobre ele, de modo que possa negociar com o consultor. Além disso, evite fechar negócio na primeira vez. Conheça as lojas e os modelos, sempre na faixa de preço que você quer comprar. Tenha em mente que após a compra haverá outros custos como seguro, manutenção e afins.

Resumindo, devemos olhar para o tamanho do nosso bolso, não do nosso coração. A emoção pode ser uma armadilha nesse momento, fique atenta e boa escolha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *